POESIA DE ALEXANDRE FERREIRA

Aluguei esta casinha pequenina sem telhado e sem paredes... toda ela uma janela aberta ao mundo. Cada visitante que aqui vem, ao sair não se esqueça de levar o meu muito obigado, o meu abraço o meu beijo ......O meu C A R I N H O

terça-feira, março 15, 2011

AMO-TE?

Amo-te? -Amo... 
Se te amo é porque te amo 
E como te amo -Então eu amo-te
quando se vive sozinho
não se tem com quem falar
fazemos poemas de amor
no intuito de conquistar
é assim que me sinto
sou prova viva do que digo
sonho contigo o dia inteiro
entregue ao meu destino
vivo apaixonado e menino
vives comigo em pensamento
sabes! moras no meu coração
aprisiona-me a tua voz macia
e preso neste castelo vidrado
Sonho.Sorrio. amo-te em segredo
tenho esperança, tenho frio
Mas perder-te é o meu maior medo.
A.F.

0 Comments:

Enviar um comentário

SE TE AGRADA ALGUM POEMA MEU, ENTÃO DEIXA UM COMENTARIO TEU...

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

CITADO POR ISABEL