POESIA DE ALEXANDRE FERREIRA

Aluguei esta casinha pequenina sem telhado e sem paredes... toda ela uma janela aberta ao mundo. Cada visitante que aqui vem, ao sair não se esqueça de levar o meu muito obigado, o meu abraço o meu beijo ......O meu C A R I N H O

domingo, dezembro 12, 2010

Feche a porta



Retorno ao olhar, - como se te devesse alguma coisa
Retorno ao sorriso, - como se o mundo fosse uma piada
Retorno ao amor? - Se o deixar ser igual a si mesmo
Retorno à juventude, - seleciono de novo um novo rumo
Retorno a ti para fechar a porta, - que aberta ficou!
Retorno a ti tantas vezes, - quantas o amor me chamar
Retorno pela saudade, - pela amizade e pelo teu olhar
Retorno ao lugar de partida, - onde começou minha vida
Retorno hoje, - depois só quero uma ultima vez voltar
Retornarei no meu ultimo suspiro, - para a porta fechar...

A.F.

0 Comments:

Enviar um comentário

SE TE AGRADA ALGUM POEMA MEU, ENTÃO DEIXA UM COMENTARIO TEU...

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

CITADO POR ISABEL