POESIA DE ALEXANDRE FERREIRA

Aluguei esta casinha pequenina sem telhado e sem paredes... toda ela uma janela aberta ao mundo. Cada visitante que aqui vem, ao sair não se esqueça de levar o meu muito obigado, o meu abraço o meu beijo ......O meu C A R I N H O

quarta-feira, maio 03, 2006


Reflexos de nos mesmos 30-04-06

Disfarço a dor com a música...
Distraio o coração que espera
Que anseia em batidas aceleradas...
Tristeza descabida e oculta!
Entrelaço os dedos de angústia
E por fim esgoto o pensamento
Em frases que bem conheço...
Morro por um sonho sonhado
O espelho reflecte orgulhos feridos
De beleza mal entendida
De vidas mal vividas, de vícios!
Desgostos malditos, porque ditos!
Só mesmo tu! Despedaças-me?
Não, não sou assim tão fraco...
Olho-te nos olhos, não pestanejo
Nem desvio o olhar... Afinal, tu!
Sou eu mesmo... Como gosto de mim!
Quebro-te em mil pedaços. Pummmm
Sento-me no chão e decido qual dos dois
Merece ser reconstruído! Serás tu?
Espelho meu... Não, tu não mereces...
Serei eu? Tu não mereces, dizes tu!
Repara! Nós somos somente o reflexo
De nós mesmos.

Autor: Alexandre Ferreira

7 Comments:

Blogger Por uma lagrima said...

Surpreendes-me...
em cada palavra,
em cada frase,
em todo o poema...
Lindo...!

quinta mai 04, 11:58:00 da tarde WEST  
Blogger Helder Ribau said...

vale a pena passar por cá...

terça mai 23, 03:55:00 da tarde WEST  
Blogger Musician said...

Esta lindo este teu cantinho, gostei muito :)
Beijinho*

quinta mai 25, 10:42:00 da manhã WEST  
Blogger Elisabeth said...

Adorei este teu poema...aliás...gosto de tudo o que vem de ti...

Beijinhos

sábado jun 03, 04:02:00 da tarde WEST  
Anonymous Sandra Daniela said...

Todo o ser merece ser reconstruído, mas essa reconstrução é feita a partir de cada um de nós! como escreveste: "Nós somos somente o reflexo de nós mesmos", embora haja á nossa volta circustâncias que nos façam mudar, somos apenas nós, que mudamos em nós aquilo que achamos que devemos mudar, se é que tem de mudar!

adorei imenso este poema! tocou-me imenso um beijo grande!

segunda set 18, 09:30:00 da tarde WEST  
Blogger Amor Eterno said...

S o n h e  . . .              ♥
 ♥              ♥
      ♥ E  c o n q u i s t e  s e u s  s o n h o s .♥

  ♥A c o r d e  a  c a d a  a m a n h e c e r ,

    ♥    c o m  a   c e r t e z a  d e  q u e
 
t u d o  p o d e r á  a c o n t e c e r  . . . "

terça jan 30, 01:36:00 da tarde WET  
Anonymous particulasdotempo said...

Poema magnífico meu "vizinho"

Os olhos reflectam tanto a beleza da alma,como o seu sofrimento,são o espelho do "eu".

Parabéns maravilhoso poema para uma segunda feira...

Será um espaço a visitar mais vezes.

Beijinhos Zita

segunda fev 26, 10:06:00 da manhã WET  

Enviar um comentário

SE TE AGRADA ALGUM POEMA MEU, ENTÃO DEIXA UM COMENTARIO TEU...

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

CITADO POR ISABEL