POESIA DE ALEXANDRE FERREIRA

Aluguei esta casinha pequenina sem telhado e sem paredes... toda ela uma janela aberta ao mundo. Cada visitante que aqui vem, ao sair não se esqueça de levar o meu muito obigado, o meu abraço o meu beijo ......O meu C A R I N H O

segunda-feira, fevereiro 27, 2006

ESTOU VIVO

Porque me sinto hoje tão vivo?

Oh meu Deus

Mas que belo momento de magia

A flauta entoa o meu sentir

As ondas sonoras atingem-me

Como flocos de neve caindo sobre mim

Danço descalço nas ondas e sonho

Sinto a terra solta nos meus pés

Sinto a felicidade que me abraça

A flauta entoa nos meus ouvidos

Sons, sonhos que jamais esquecerei

E eu danço e danço nas ondas

Reavivo lembranças minhas

Lembranças esquecidas

Sonhos apagados pelas magoas

Hoje aqui relembro ao som de ti

Flauta mágica, não pares, por favor

Hoje grito, quero viver, grito por ti

Hino do amor.





Questão: Quanto pode pesar um beijo?



11 Comments:

Blogger saisminerais said...

ola seja bem vindo... obrigado pela visita. se estiveres com tempo, tambem agradecia que lesses o texto a seguir, diz segundo post. gostava de saber a opinião tecnica acerca de!
Obrigado

segunda fev 27, 03:14:00 da tarde WET  
Blogger dulce said...

Em primeiro lugar Alexandre, fico feliz porque estás feliz. Os teus olhos vejo-os sempre (quando te vejo) demasiado tristes, e hoje provavelmente não o estarão. Já li o teu post anterior. Partilho da tua paixão pelo mar. Precisava de o ver todos os dias e não o faço. Aquele azul, aquela imensidão, e o som do mar. Escrevo tantas vezes sobre ele. Preciso tantas vezes dele. É conselheiro e ouvinte. Partilha as minhas alegrias e as minhas tristezas. Falas tb de amor e de procura. Da ternura q queres dar e receber. Há q esperar! Não podemos correr a vida inteira atrás do amor. Mas tb não podemos desesperar. Alguém há-de olhar-te um dia com os olhos da alma e ver em ti o amor da sua vida. Sorri para a vida, não deixes que ela te abalroe. Aquilo que deres tb hás-de receber em troca.
Beijos doces para ti Alexandre. Vou voltar aqui também.

terça fev 28, 01:26:00 da tarde WET  
Blogger palavras que escrevo said...

gostei de te ler aqui,
a felicidade existe também em saber viver e sorrir, com esse olhar brilhante que se nota nos teus olhos, saber-te feliz, deixa-me contente, e feliz também, a felicidade é um sentimento precioso
li todos os teus textos, senti a tua força nas palavras, vi-te olhar o mar, senti a tua paixão por ele, eu vou ter com ele, dia a dia, não sei viver, sem olhar aquele azul e verde que me encanta a alma e me deixa sonhar todos os dias
senti o tocar dessa flauta mágica, ela não vai parar de tocar certamente, é o prolongamento do teu grito

Alexandre , não te conheço, mas penso que acabei de encontrar um amigo, mesmo neste mundo onde o virtual, também passa pelo real

vou ao mar todos os dias, como habitualmente o faço e naquelas ondas vou-me deixar embalar pelos sonhos e trazer comigo agarrado a mim aquele cheiro a maresia, vou lembrar-me de ti, naquele mesmo lugar e pedir que a felicidade te abrace sempre

beijinhos para ti


lena

terça fev 28, 02:51:00 da tarde WET  
Blogger saisminerais said...

Amiga dulce, Se não existisses teria de te inventar nos meus sonhos, mas felizmente existes e não tens ninguem que te deseje melhor sorte e saude e alegria que eu, sinto-te, sinto a tua presença nas palavras doces e sinceras que me deixas. fico feliz por um dia te ter conhecido e fazes parte das pessoas que ja tenho no coração, não sais de lá... já conquistas-te o teu lugar.
obrigado pela doce vistita.´, beijinhos para ti amiga Dulce
Para a Lena
tambem tu começas a ganhar contornos no meu intimo, encontras com certeza em mim um amigo, temos coisas em comum, um mar que nos preenche a alma, adoro estar por perto, inspira-me e faz-me escrever, puxa por mim, serve de musa.
Obrigado pela visita, volta sempre, fico sempre contente quando vejo gente simpatica, palavras que me enxem de alegria.
beijinhos para ti tambem amiga Lena

terça fev 28, 03:30:00 da tarde WET  
Blogger Abelhinha said...

Também eu, ontem, senti-me a dançar nas nuvens, não sei como nem porquê mas inexplicavelmente uma sensação de paz e tranquilidade me invadiu nos mais agitados dos locais. Por momentos fui muito feliz e... sozinha! Obrigada pelas tuas palavras, revi-me. Cá voltarei, com certeza, Alexandre.

Beijocas
Carlota

ah! Um beijo pode ser uma pena, uma pluma...

terça fev 28, 06:19:00 da tarde WET  
Blogger sensualidade said...

ola bd
estava a visitar os blogs
akabei por entrar no teu
parabens é maravilhoso
tens poemas lindos
jokinhas doçes
da
ANJO :-)

quarta mar 01, 08:38:00 da manhã WET  
Blogger Estrela do mar said...

...lindíssimo este poema...sinto-o realmente como um hino ao amor...adorei!...


Jinhossssss

quarta mar 01, 02:24:00 da tarde WET  
Blogger vero said...

Olá Alexandre...hoje perdi-me nas tuas palavras...belíssimo!!! Mágicas...
Eu??? Enquanto tiver força continuarei a lutar...mas é claro, estou desperta para a vida... ;)
mas continuarei a lutar por quem realmente amo!!!
Beijinhos muitos pa tu... ***

quarta mar 01, 04:23:00 da tarde WET  
Blogger sensualidade said...

Ola kerido
deskulpa mas eu adoro tratar assim
as pessoas esta é a minha maneira de ser olha fikei muito feliz por ver k me visitastes...
tens razao é assim k eu vejo o amor
e k deve ser sentido
olha sera k o teu amor
nao esta bem na tua frente
mas por prokurares tanto nao konsegues ve lo????
o amor akonteçe kuando menos esperamos e kuando nem prokuramos por ele... k bom k gostastes bo meu blog volta sempre pk seras sempre muito bem vindo
pelo k ja li dos teus poemas vejo
k és um homem muito sencivel
akredita um dia tu vais konheçer
o teu verdadeiro amor....
kerido um beijo nao pesa
sente se kom uma entensidade
k akabas por eskeçer tudo ha tua volta és so tu e o ser k tu amas
olha é bem gostoso um beijo dado kom amor
desejo te um bom dia lindo
jokinhas muitoooooooooo
doçes no teu koraçao maravilhoso
da
ANJO :-

quinta mar 02, 11:59:00 da manhã WET  
Blogger A.na said...

Sais...um beijo
...um beijo pode pesar uma
vida já vivida,construida,feita.
Talvez seja a única a dizer-te
que por não ser a primeira vez que passas por isto...paixões que nos
levam por caminhos novos,imaginados...curiosos e apaixonados...mas que mtas vezes no fim poderão trazer angústias e arrependimentos.Lembras??
Claro que sim...
mas se achas que é por aqui a tua
estrada certa...então até eu serei a primeira a dizer...esse beijo
pode pesar toda a feicidade
que tanto mereces.

Nunca te esqueças
dos que vais deixar
dos que vão sofrer...pesa também
e sempre o mar salgado em que podes deixar os outros.

meu Doce Sais
toda a minha força...todas
as minhas sinceras palavras.

Abraço-te amigo meu.

sexta mar 03, 05:55:00 da tarde WET  
Blogger Titania said...

Gostei de ler o brilho e a felicidade das tuas palavras!

Como mais do que sonhar é importante apreciar o que de bom a realidade nos oferece, cada momento belo, cada minuto de carinho, cada sorriso franco...

Um beijo pode pesar a partilha de uma Vida...

Beijo para ti

sábado mar 04, 10:45:00 da manhã WET  

Enviar um comentário

SE TE AGRADA ALGUM POEMA MEU, ENTÃO DEIXA UM COMENTARIO TEU...

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

CITADO POR ISABEL